domingo, 15 de agosto de 2010

Paredes que gritam

Graffiti retrata secretário-geral do PCP de punho levantado.
Arte suburbana ao serviço da classe trabalhadora.

26 comentários:

Miguel disse...

Está muito bom!
Onde fica isto?

Membro do Povo disse...

Ganda sena! Tá brutal! Como é que o ainda não apagaram?

Hilário disse...

Está magnifico,
Autorizas que eu partilho?

joão disse...

Está disponível em "hist-socialismo.blogs.sapo.pt" o
"Programa da Internacional Comunista,adoptado pelo VI Congresso Mundial, Moscovo, 1 de Setembro de 1928." Visitem-no e depois comparem com aquilo que a Direcção do PCP defende.

Quanto à imagem, dá uma demonstração daquilo que J. de Sousa na realidade não é, nem tem capacidade para o ser.

Se não fosse as intervenções que faz, mas escritas pela pequena burguesia que o rodeia, ninguém dava por ele.

Antigamente era o MRPP que utilizava os mesmos métodos, quando procurava dar uma imagem radical e encobrir o oportunismo do seu líder Arnaldo de Matos.

João

Anónimo disse...

Este «joão» até parece um anticomunista.

João disse...

Anónimo
Dá bem para ver que não sou anti-comunista, sou antes pelo contrário anti-revisionista e só tenho pena que vós não consigueis ver como as decisões e teses do partido essas sim,estão ao serviço da burguesia e como tal são anti-comunistas.

Comparem a posição de Engels, com a posição do partido, quando defende o apoio aos pequenos e médios empresários. Diz Engels,«Os considerandos do programa agrário de Nantes,em que se declara como dever dos socialistas APOIAR e DEFENDER a propriedade camponesa,e mesmo a dos rendeiros e parceiros que EMPREGAM JORNALEIROS - é mais do que aquilo que a maioria das pessoas fora de França pode ENGOLIR.» Isto foi dito em 1894 em "A questão camponesa em França e na Alemanha" por ocasião dos congressos dos P.Socialista Operário Françês e do P.S.D.Alemão.

Será que hoje em pleno declínio da época imperialista não dá para ver que quando se propõe Apoios ou se DEFENDE a classe média capitalista dita Anti-monopolista,e se procura salvar esta da ruína, que se está a procurar manter estes enquanto exploradores e a trair os interesses do proletariado.

Espero que respondam a isto.

João

Membro do Povo disse...

O PCP ao serviço do capital detentor dos meios de comunicação social que nos branqueia? No mínimo um modus operandi bastante estranho!

As PME asseguram uma boa parte do emprego em Portugal, são elas o grosso da produção nacional e venda do produto nacional, sem elas estaríamos muito mais dependentes das importações (muito mais)... O PCP defende, sempre defendeu, politicas de criação e boa manutenção de emprego: mais emprego e mais segurança significam na pratica melhores condições de Luta para os trabalhadores; As PMEE são um importante pólo de combate aos monopólios - as intenções dos pequenos burgueses podem ser a ascensão à grande burguesia, mas no contexto actual são importantes no seu combate; O mais importante na vida de um trabalhador é um trabalho que assegure uma vida digna e o bem estar a si e aos seus...

Bem que podia continuar a divagar sobre um assunto que os servidores do grande capital reconhecem ser uma ameaça, e que por isso tendem de todas as formas (provocatórias, hipócritas, arrogantes e sempre falsas) obscurecer.
Unidos venceremos!

João disse...

Membro do Povo
Parece que você não compreendeu a citação transcrita de Engels, sendo assim cito-lhe outra.
Criticando Wilhelm Liebknecth pela conciliação que fazia em relação ao dirigente do partido, o oportunista de direita Vollmar, Engels diz o seguinte: Dizes que Vollmar não é um traidor. Pode ser.Também não creio que ele próprio se considera tal. Mas como chamarás a um homem que exige a um partido proletário que perpetue a situação actual dos grandes e médios camponeses da Alta Baviera, (sim porque, procurar afixar taxas extraordinárias apenas para os capitalistas que estão acima dos 50 milhões de euros de lucro por ano, como o partido pretende é também defender grandes capitalistas) que possuem 10-30hectares, baseada na exploração de pessoal assalariado e jornaleiros?Um partido proletário expressamente fundado para a perpetuação da escravatura assalariada!O homem pode ser um anti-semita,um democrata burguês, um particularista bávaro, que sei eu,mas um social-democrata? O mesmo se coloca à direcção do PCP,serão comunistas?
Em primeiro lugar meu caro, os pequenos,os médios e até alguns grandes capitalistas isolados, vão (estão) ser arruinados pela acção destruidora das grandes empresas monopolistas,qualquer resistência que façam,é sempre no sentido de defenderem os seus interesses enquanto capitalistas, a sua luta não é contra o monopólio, pelo contrário, a sua pretensão é crescerem e tornarem-se eles próprios monopolistas.
É preciso não esquecer que o monopólio nasceu da concorrência gerada pela pequena economia.

Por fim se ainda não leu, o Manifesto Comunista, então vá lê-lo, porque a luta dos comunistas no capitalismo, não é APOIAR e DEFENDER os capitalistas, (mesmo por pequenos que possam ser), para garantir o emprego dos trabalhadores, mas sim para lutar contra a EXPLORAÇÃO do HOMEM pelo HOMEM. Percebeu Membro do POVO?
Um abraço
João

Membro do Povo disse...

Lê tu o manifesto se quiseres que eu já li! se não quiseres não lei-as é contigo! continua a enviar as citações soltas que até são boas, eu cá estou atento ao que se passa no país e uso a cabeça para pensar no que se passa não deixando de estudar quando tenho tempo.
Quanto a ti se quiseres EP's estou a vender e posso garantir-te lugar no autocarro da juventude, que te dá lugar no parque de campismo do Avante! então estas interessado?

João disse...

Não sou assim tão jovem, para ir no autocarro da juventude, além disso costumo ir nos transportes colectivos, mas este ano, e como estou há já muito tempo desempregado, não tenho hipoteses económicas para lá poder ir, a não ser que me ofereças o bilhete.
Eu quando te sugeri a leitura do "Manifesto" não foi para te passar qualquer atestado de insuficiência em matéria de politica ideológica, mas simplesmente para confirmares quanto são erradas as tuas opiniões, quando comparadas com a ideologia comunista.
Sugestão se não tiveres possibilidades em me oferecer o "bilhete" eu posso me desponibilizar e ir ter contigo ao portão do acampamento e depois podemos trocar algumas opiniões.Se concordares confirma.Vens de onde?
Um abraço jovem
João

Anónimo disse...

Olá camarada,

dá uma vista de olhos no nosso blog:
http://olhequenao.wordpress.com/

tomámos a liberdade de te associar a ele.

Abraço,
J. vasco

miguel disse...

João, a questão que levanta teve respostas aqui e aqui.

Não sei, e também não interessa, se o João é o António Cândido mas como o argumento é o mesmo sugiro-lhe uma visita a esses links.

joão disse...

Miguel, segui o seu conselho e foi ver,não,não sou o António Cândido, trata-se de uma coincidência, mas é natural que na medida que a crise capitalista se aprofunde e os militantes queiram saber o que pensa e aprova o partido, que mais pessoas se interroguem sobre as politicas que o partido aprova.

Quanto ao seu comentário, procura TAPAR O SOL COM A PENEIRA, ou seja tenta dar outro sentido a questão levantada pelo António Cândido e isso é, do ponto de vista intelectual indecente.
Ele tem absoluta razão no que diz, porque a direcção do partido, quando deixa de fora da dita taxa extraordinária todos os capitalistas, com lucros inferiores a 50 milhões de euros por ano, simplesmente ISENTA dessa "taxa" a totalidade das pequenas e médias empresas existentes no tecido produtivo nacional e mesmo alguns grandes capitalistas, pois 50 milhões de euros não está ao alcance de qualquer um.O que quer dizer,que quando a direcção do partido, em vez de rejeitar simplesmente a politica anti-social do governo, passa a defender uma maior EQUIDADE na distribuição dos custos da crise, estes recaiem práticamente em cima do povo, exceptuando apenas alguns enormes capitalistas.
Além disso não é apenas estas "taxas extraordinárias" que defende e que isenta 80% dos capitalistas, é também todo o programa de apoio e defesa ao desenvolvimento capitalista que o partido aprovou e que está inscrito no dito programa de Ruptura,Patriótico e de Esquerda, que o partido entende como uma necessidade para "romper" com a actual politica do governo social-liberal do PS, que diga-se de passagem, só pode ser aceite, por militantes muito mal formados ou até mesmo ignorantes.O que não é o seu caso e de muitos outros evidentemente.
Mas também visitei o seu Blog "imperiobarbaro" onde o problema está bem mais complicado para si, só espero que aí (caso responda?)seja mais sério na resposta, ou que não faça como Júlio Filipe do "assaltoaoceu" que por falta de frontalidade e capacidade ideológica, simplesmente agora apenas dá acesso aos seus amigos, ou seja,aqueles que com ele perfilham a mesma politica pequeno burguesa, o que também não deixa de ser da parte dele uma desonestidade intelectual, se é intelectual.

miguel disse...

João: "Mas também visitei o seu Blog..."

Eu não tenho Blog.

O João comete os mesmos 3 erros de palmatória que o António Cândido:

* Confunde empresas com capitalistas

* Vê na política fiscal e na pesada tributação sobre as grandes empresas o caminho que leva as PME ao monopólio.

* Insiste na tese que "o monopólio nasceu da concorrência gerada pela pequena economia".

Logo, se o PCP entende que as grandes empresas monopolistas/oligopolistas devem ser fortemente tributadas o João grita que o PCP está a defender os monopólios, não estes que são tributados, mas os outros que, não existindo, já se perfilam automaticamente no horizonte.

O João desconhece os processos de concentração e centralização do capital e pensa que o mundo se move segundo as regras que o próprio João estabelece.

"Algumas dezenas de milhares de grandes empresas são tudo, os milhões de pequenas empresas não são nada." Lenine, O Imperialismo, Fase Superior do Capitalismo

Membro do Povo disse...

Miguel os "erros" que o João e o António cometem não são mero acaso! mexem com diferenças muito ténues (capitalismo\empresas) como tu próprio disseste, e apresenta um discurso "zen" que abstrai o que realmente importa na Revolução: a classe trabalhadora, que é apresentada como algo socialmente transformador (verdade sem duvida) mas nunca como um colectivo de trabalhadores que defendem a si mesmos e às suas famílias, o conceito de "revolução" apresentado por essa estripe de senhores é ela própria abstracta, obedecendo a um sentido de justiça abstracta e nunca aos anseios dos trabalhadores! Estes "erros" não são apenas fáceis de cometer, são também fáceis de propagar e bastante populistas; e eu... não lhes chamaria erros.

joão disse...

Miguel
Como você, também não tenho blog.

*"confunde empresas, com capitalistas".
Confundo empresas com capitalistas? Mas as pequenas e médias empresas não têm como proprietários a classe capitalista?Se não são estes os donos das empresas,então quem é?
Qualquer APOIO que se EXIGA,para as pequenas emédias empresas, estes não são direcçionados exactamente para as mãos dos seus proprietários,então diga para onde são direcçionados? Além disso é normal ver na propaganda e nas intervenções parlamentares que o partido faz,o apelo à defesa dos "pequenos e médios","agora" também alargada a todos os capitalistas que estejam abaixo dos ditos 50 milhões de euros de lucro por ano".Propaganda esta que está enquadrada naquilo que o partido entende por "alianças" e defesa das ditas classes "anti-monópolistas".

*"Vê na politica fiscal e na pesada tributação sobre as grandes empresas, o caminho que leva as PME ao monopólio"
Não é na tributação fiscal das grandes empresas que eu vejo o crescimento das PME ao monopólio,aliás, penso que enquanto não for possivel expropriar os grandes capitalistas, devia se exigir uma tributação ainda mais pesada do que aquela que o PCP e o BE pedem, como mesmo se devia agravar consoante e gradual os impostos a todos aqueles que têm um lucro superior a 20 mil euros por ano e não 50 milhões de lucro por ano como o partido propõe.Ou não será que o governo e a classe capitalista dominante, obrigam o povo trabalhador a viver com muito menos e até passar fome.
É evidente que o partido quando propõe estas propostas ou defende em outras áreas a classe "intermédia" capitalista, não o faz no sentido de eles se virem a transformar em novos monopólios, mas sim para os salvar do ESMAGAMENTO e da RUÌNA, que os monopólios exercem sobre eles,(que diga-se, não é só uma traição ao proletariado, mas mesmo uma luta inglória)mas,se estes resistirem e se manterem é bem possivel que com o seu crescimento,(porque não podem estagnar) mais tarde se transformem eles próprios em monopólios.
Lénine,na pág.112 do "imperialismo,fase superior do capitalismo" Edições "Avante" utiliza uma citação de Hilferding, na sua luta pelo desmascaramento do revisionista Kautsky,que defendia a mesmas posições politicas do PCP.
Cita Lénine: «Não compete ao proletariado»,diz Hilferding, «opor à politica capitalista mais agressiva a politica passada da época do livre câmbio e da atitude hostil para com o Estado. A resposta do proletariado à politica económica do capital financeiro, ao imperialismo,não pode ser o livre câmbio, mas apenas o socialismo.O objectivo da politica proletária não pode ser actualmente a restauração da livre concorrência - que se converteu agora num ideal reaccionário -,mas unicamente a destruição completa da concorrência mediante a supressão do capitalismo». Diz Lénine de imediato:"Kautsky rompeu com o marxismo ao defender, para a época do capitalismo financeiro,um «ideal reaccionário»,a «democracia pacífica», o « simples peso dos factores económicos», pois este ideal arrasta OBJECTIVAMENTE para trás, do capitalismo monopolista para o capitalismo não monopolista,e é um engano reformista».

Continua...

João disse...

Continuação:
*Que insisto na tese que "O monopólio nasceu da concorrência gerada pela pequena economia".
Como tudo na natureza tem um início, também a economia está sujeita a esta regra.O monopólio não aparece feito mecânicamente, nem à margem destas regras, sendo assim é natural que o seu surgimento, seja resultado do desenvolvimento do capitalismo desde o seu início, mais exactamente na época da produção mercantil, que se transformou na livre concorrência e posteriormente na transformação desta em monopólio.
Foi da fusão e concentração de pequenos e médios capitais, que surgiu a maioria das grandes empresas e da maioria destas o monopólio,como o mesmo ocorreu com os bancos e a sua transformação progressiva em capital financeiro.
Vejamos o que diz Lénine sobre isso na pág. 100 do "imperialismo..." passo a citar:"Como vimos, a base económica mais profunda do imperialismo é o monopólio.Trata-se do monopólio capitalista, isto é, que nasceu do capitalismo e que se encontra no ambiente geral do capitalismo, da produção mercantil, da concorrência, numa contradição constante e insolúvel com esse ambiente geral." Penso que esta opinião de Lénine desfaz, qualquer argumento que se queira ou tente impôr.

Quanto às "pequenas empresas não serem nada" é bem verdade, mas o mesmo não se pode dizer daquelas que tenham lucros superiores a 10 milhões de euros por ano,e muito menos sobre todas as outras que vão deste número, até, aos 50 milhões de euros.Percebe Miguel?

Quanto ao comentário do Membro do Povo,não só está com uma linguagem confusa, como mesmo procura cair na provocação e como estamos a tratar de assuntos sérios decidi não responder, aliás penso que o jovem, não está preparado suficientemente para esta discussão.
Quanto ao bilhete estou á espera da sua resposta.
Um abraço
João

Nelson Ricardo disse...

Bom mural!

Dalaiama disse...

Man tens de publicar aqui as aventuras mais recentes!!! Ganda cena aquela da viagem na camioneta entre curvas e nevoeiro, ganda coragem a tua!!! A outra viagem foi mais tranquila e bem passada,até fizeste a ronda com a bófia de lá LOl E não tens fotos do mural do graffiter? Publica aqui as tuas cenas man!!! Ganda jornalista!!! Força camarada!!! abraço

prahlad disse...

Work For Advertising Company at www.visionjobcare.com

Join one of the best Advertising Company of India. We pay you for your hard work. 100% Payment Assurance. Its a copy-paste work. Unlimited Monthly income.
For more details: E-mail us at support.visionjob@gmail.com Website: http://www.visionjobcare.com/XXX.html

cleaningmelbourne disse...

Wow
Amazing blog to follow
I would suggest to follow my all friends and family to follow his blog .
Vivacious Blog - Full life and energy.

Keep Posting
Carpet Cleaning

... disse...

CONGRESSO INTERNACIONAL MARX EM MAIO
3, 4 e 5 de Maio de 2012
FACULDADE DE LETRAS DA UNIVERSIDADE DE LISBOA
(ANFITEATRO 1)
ENTRADA LIVRE

Nos próximos dias 3, 4 e 5 de Maio de 2012, realizar-se-á, na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, o Congresso Internacional Marx em Maio, perspectivas para o séc.XXI, organizado pelo Grupo de Estudos Marxistas (GEM). Congresso multidisciplinar, incluindo participantes das áreas da Filosofia, da História e da Economia, mas também das Ciências naturais, das Artes plásticas, da Política e do mundo sindical, o seu fio condutor será a actualidade e fertilidade do pensamento marxista enquanto instrumento fundamental de análise crítica. Num contexto de crise generalizada, pautada pela desconsideração do papel da racionalidade, da teoria e da cultura como elementos fundamentais de transformação, individual e colectiva, o Congresso Marx em Maio procurará contribuir para o aprofundamento de problemáticas centrais dos nossos dias e para o estímulo de um pensamento científico guiado por uma racionalidade crítica e dialéctica.
A lista dos participantes, assim como o título das comunicações estão disponíveis em: http://marxemmaio.wordpress.com
Para mais informações, contactar : grupodeestudosmarxistas@gmail.com

ellen luz disse...

Pessoal comente o meu blog sobre tributos no Brasil!
Um projeto que conto com a colaboração de todos COMENTE!
http://tributonobrasil.blogspot.com.br/

Anónimo disse...

O LAZER É ÓPTIMO, O PIOR É QUANDO FALTA O SUBSÍDIO DE FÉRIAS.
Há pouco na SIC Notícias foi dito que não houve plágio no livro «Equador».
Miguel Sousa Tavares copiou frases inteiras do livro «Cette nuit la liberté» para o livro «Equador». No blog www.anticolonial21.blogspot,com estão provas irrefutáveis deste copianço.
MST levou a julgamento os primeiros bloguistas que denunciaram o plágio e perdeu no Tribunal. Mais, a sentença, além de absolver os que disseram a verdade, acrescentou que os leitores deviam ler os dois livros e comparar.
MST é um «moralista» contra os valores da Esquerda e da honestidade. O veredicto do Tribunal foi proibido de ser divulgado pelas Censuras da RTP, da SIC e da TVI, assim como dos principais jornais e rádios.
Espero que não Censure este comentário, porque também está a ser censurado em alguns blogs, alguns dos quais publicam posts contra a Censura!

byClaudioCHS disse...


Interrompemos a programação normal deste site/blog para um informe policial.

O Repórter WEB Virtual Última Hora informa: O rato de laboratório está solto novamente!

- "Nessa madrugada de segunda-feira para terça-feira, três elementos encapuzados e fortemente armados invadiram esta delegacia, dominaram os policiais que faziam o plantão junto ao escrivão, e em seguida abriram a cela onde estavam o rato de laboratório e mais sete presos. Os bandidos trancaram os policiais e o escrivão nesta mesma cela, e o rato de laboratório, junto aos três elementos encapuzados, fugiram na viatura que estava no pátio, a qual abandonaram logo em seguida, fugindo com um carro roubado. Os demais presos fugiram a pé, sendo que quatro deles já foram recapturados, um foi encontrado em um boteco próximo a este local, ouvindo pagode e comendo uma coxinha. Como pode ser notado, os bandidos não efetuaram um único disparo. Está sendo aberta uma sindicância para apurar se houve facilitação da fuga, visto que o rato de laboratório já deveria ter sido transferido há alguns dias, e também o porquê haviam somente dois policiais no plantão desta madrugada. O resultado da sindicância pode ser determinante para a manutenção do delegado titular no seu cargo ou não. Não sabe-se ainda se há veracidade no fato ou se estão tentando evitar uma histeria coletiva, mas o delegado chefe da polícia federal afirmou que está tudo sob controle, que não há motivos para pânico, pois dentro de poucas horas o rato de laboratório será preso novamente. Enquanto isto não acontece, nós, do Repórter WEB Virtual Última Hora aconselhamos que todos fechem suas casas, fechem seus sites, fechem seus blogs, fechem suas mentes ".

- "A qualquer momento o Repórter WEB Virtual Última Hora voltará com mais notícias, fique ligado. Boa noite".

http://progcomdoisneuronios.blogspot.com.br/2011/10/toda-trajetoria-do-rato-de-laboratorio.html

sourabh gupta disse...

packers and movers ahmedabad
packers and movers surat
packers and movers rajkot
packers and movers Vadodara
packers and movers vijayawada
packers and movers Trivandrum
packers and movers pondicherry
packers and movers Visakhapatnam
packers and movers madurai
packers and movers trichy
packers and movers coimbatore
packers and movers cochin
packers and movers chandigarh
packers and movers amritsar
packers and movers ludhiana
packers and movers panchkula
packers and movers mohali
packers and movers jalandhar
packers and movers