segunda-feira, 25 de agosto de 2008

E viva a propriedade privada!

Aí estão eles, a engordar bem à nossa custa. Segundo o Jornal de Notícias, José de Mello Saúde, Grupo Espírito Santo Saúde, HPP, Grupo Português de Saúde e Clisa detêm cerca de 80 por cento do mercado das clínicas privadas e dos seguros de saúde. Os melhores médicos abandonam o Serviço Nacional de Saúde enquanto o governo se entretém a destrui-lo. Só no ano passado, os grupos privados facturaram 440 milhões de euros, mais 7,8 por cento que no ano anterior. Afinal, quem dúvida de que este governo está ao serviço do patronato e do grande capital? Porreiro, pá.

2 comentários:

poesianopopular disse...

Este DESgoverno, para se manter no poder cada vez mais se encosta à direita. oa ponto de ter tiques fascizantes, há coisas que a própria direita teria rebuço em fazer!

Anónimo disse...

Como diz o outro: até a barraca abana!