segunda-feira, 6 de julho de 2009

António Chora na despedida de Manuel Pinho

Manuel Pinho, o ex-ministro da Economia que insultou o presidente da bancada parlamentar do PCP, fez um jantar de despedida no restaurante Solar dos Presuntos, em Lisboa, com a companhia de...António Chora, da Comissão de Trabalhadores da Autoeuropa e membro destacado do Bloco de Esquerda. Durante a refeição deixou escapar que foi um "ministro que fez muito pela indústria no país". Palavras para quê?

Provavelmente, por causa da Ronaldomania fiquei um pouco mais analfabeto e esqueci-me de dizer que este foi o ministro que disse na China para que se investisse em Portugal porque a mão-de-obra é barata. Pronto, assim caracteriza-se melhor Manuel Pinho e percebe-se melhor quem é António Chora e o seu partido, o Bloco de Esquerda.

5 comentários:

pedras contra canhões disse...

destacado membro? o homem é deputado do BE... e consta que está nas listas para a próxima legislatura!

joaquim d´odemira disse...

São os elementos do BE ao seu melhor estilo.Já percebo porque é que o sr. chora é contra o sindicalismo de classe.

lp16 disse...

exacto, estes banquetes do ex-ministro com o Chora são ilustrativos de certas alianças...

Anónimo disse...

Isto faz lembrar uma telenovela em que o culpado é aclamado pelos seus medíocres seguidores...

Anónimo disse...

Há uma coisa que não entendo.
Porque é que só o Manuel Pinho está com a cara descoberta. Os outros convivas, todos taparam a cara com os copos. Será por vergonha,para não serem conhecidos?
Quanto ao celebre gesto. Seria que ele estaria a ofecer uma marrada ao B.S.?